Homem é preso suspeito de comprar votos por R$ 200 para dois candidatos em Firminópolis;

Um homem foi preso suspeito de comprar votos por R$ 200 para candidatos a prefeito e vereador, em Firminópolis, na região central de Goiás. Segundo o delegado Tiago Junqueira, em um vídeo divulgado nas redes sociais, o investigado diz que se os dois políticos, que não tiveram nomes divulgados, fossem eleitos, cada eleitor receberia mais R$ 100 (veja acima).

“Eu estou precisando de 100 votos, mas o seguinte, só vou pagar no dia 15, no dia da política, cedo. Se os dois ganharem, eu vou dar mais R$ 100 para cada um. O dinheiro que eles liberaram para mim foi só R$ 20 mil. Para eu arrumar os votos, eu tenho que apresentar os títulos desses votos”, disse o homem no vídeo.

 

Como o nome do suspeito não foi divulgado, o G1 não conseguiu contato com a defesa dele.

A polícia conseguiu uma autorização da Justiça Eleitoral e cumpriu quatro mandados de busca e apreensão, na última quinta-feira (5). Um caderno com uma lista contendo nomes de 50 eleitores que receberiam os valores prometidos também foi apreendido. Nas anotações havia dados como zonas eleitorais, títulos de eleitor e contatos telefônicos dos supostos eleitores.

Depoimentos

 

O delegado disse que, na manhã desta sexta-feira (6), começou a ouvir testemunhas e pessoas que teriam tido os votos comprados pelo suspeito. Como as investigações ainda estão em andamento, os nomes dos candidatos, possivelmente, envolvidos, não foram divulgados.

“Nós vamos encerrar as investigações quando a gente conseguir ouvir todas as testemunhas que já estão confirmando que o pagamento seria para beneficiar dois candidatos”, disse o delegado.

O suspeito foi detido e deve responder por crime eleitoral. De acordo com o delegado, ao final das investigações, os eleitores envolvidos também poderão ser autuados por compra de votos e, se condenados, podem pegar até 4 anos de prisão.

Caderno contendo  anotações de eleitores é apreendido em Firminópolis, Goiás — Foto: Polícia Civil Divulgação

Caderno contendo anotações de eleitores é apreendido em Firminópolis, Goiás — Foto: Polícia Civil Divulgação

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*