Mulher se passa por promotora e tenta retirar acusações contra si mesma

Uma mulher de New Hampshire, nos Estados Unidos, se passou por promotora e tentou retirar acusações contra si mesmo, no final de outubro deste ano. De acordo com o site NY Post, ela era acusada de posse de drogas e “stalking” — perseguição a pessoas.

Lisa Landon, moradora de Littleton, acessou o sistema eletrônico do estado, retirou as acusações e preparou documentos falsos em três processos criminais.

Um examinador forense, no entanto, foi chamado para realizar uma avaliação em Lisa. Ele notou que as acusações haviam sido removidas e contatou outros promotores para saber se, ainda assim, seria necessário avaliá-la.

Diante das novas informações, uma investigação foi instaurada e Lisa, descoberta. Agora, ela (além das acusações anteriores), é acusada de falsificação ideológica e falsificação de provas físicas.

Fonte: Metrópoles

print