Reviravolta na ponta: últimas rodadas sacodem o topo do Brasileirão

O Campeonato Brasileiro é um dos mais disputados do mundo. Se em outros países os gigantes consolidam sua hegemonia a cada temporada, no Brasil o líder tem muito trabalho diante do lanterna. Prova disso foi o turbilhão vivido nas últimas rodadas pelos times que disputam a liderança da competição.

Veja um balanço de tudo que aconteceu no topo da tabela desde a 18ª rodada, quando apenas Internacional, Flamengo e Atlético-MG monopolizavam a briga para ser líder da competição. E como ficou a disputa pelo título após a primeira rodada do segundo turno.

Empate entre líderes

Internacional x Flamengo foi o grande jogo da 18ª rodada. Os dois times brigavam ponto a ponto com o Atlético-MG pela liderança do Brasileirão. O confronto era tratado como uma final antecipada entre as equipes e a expectativa se confirmou.

Os rivais pela ponta da tabela fizeram um jogaço e empataram por 2 x 2, com o rubro-negro jogando melhor, mas arrancando um empate aos 50 minutos do segundo tempo. Por outro lado, o Atlético-MG consolidava seu péssimo momento ao empatar em casa com o Sport. E Grêmio e Palmeiras venciam seus jogos e começavam a esboçar uma reação no campeonato.

Goleadas e surpresa

A 19ª rodada reservava Flamengo x São Paulo e Palmeiras x Atlético-MG como destaques. O Inter visitaria o Corinthians um dia antes para se consolidar na liderança. Mas o Colorado teve uma péssima atuação, teve Thiago Galhardo expulso e foi derrotado de forma até surpreendente por 1 x 0 pelo time paulista.

Era tudo que Flamengo e Atlético-MG queriam. Mas a rodada não terminou boa para ambos. Os dois tinham equipes paulistas pela frente e o resultado foi o pior esperado. O Flamengo foi surpreendido pelo São Paulo de Thiago Volpi e Fernando Diniz e foi goleado em pleno Maracanã. O Palmeiras confirmou sua ascensão sob o comando de Andrey Lopes e não tomou conhecimento do Galo.

O Grêmio jogou o suficiente para bater o Bragantino e já começou a olhar com bons olhos a chegada ao grupo de elite do campeonato.

Urubu abatido

A 20ª rodada instaurou de vez a turbulência no topo da tabela. Com a vitória sobre o Flamengo, o São Paulo ganhou força no pelotão de frente. E o Tricolor abriu a rodada dos líderes confirmando o favoritismo diante do Goiás. O Palmeiras visitou o Vasco e precisava vencer para passar a sonhar com a liderança. O Inter recebia o Coritiba para vencer bem e manter a liderança.

O Flamengo tinha compromisso marcado com o abatido Galo, de Sampaoli, em Belo Horizonte. E a viagem para Minas Gerais não poderia terminar pior: 4 x 0 e um passeio do Atlético-MG, que se recuperou justamente em cima do rubro-negro. O Inter tropeçou em casa para o Coritiba.

O Palmeiras derrotou o Vasco. O Grêmio fez o dever de casa e venceu o Fluminense, adversário direto pelas primeiras posições da tabela.

Como ficou?

A primeira rodada do returno teve desdobramentos cruciais para a sequência da competição. A derrota para o Atlético-MG custou o cargo de Domènec Torrent no Flamengo. Rogério Ceni é o mais cotado para a vaga. Eduardo Coudet deixou o Inter e pode dar lugar a Abel Braga.

Com o empate em casa, o Inter perdeu outra chance de disparar na liderança, mas segue na ponta, com 36 pontos. Logo atrás vem o Atlético-MG, com 35, empatado com o Flamengo, mas o Galo tem um jogo por fazer. Com três jogos a menos, o São Paulo aparece na quarta posição, com 34 pontos. Derrotado pelo Grêmio, o Fluminense aparece em quinto, com 32 pontos.

Com 31 e 30 pontos, Palmeiras e Grêmio, respectivamente, entraram de vez na briga. O alviverde tem um jogo atrasado, diante do Vasco. E o Imortal ainda precisa fechar seus jogos do primeiro turno enfrentando o Goiás.

Veja os jogos dos postulantes ao título na 21ª rodada:

Sábado (14/11)
16h30
Santos x Internacional
19h
Corinthians x Atlético-MG
Grêmio x Ceará
Fortaleza x São Paulo
21h30
Flamengo x Atlético-GO
Palmeiras x Fluminense

Fonte: Metrópoles
print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*