EUA: Trump entra com ação para barrar certificação da vitória de Biden

A equipe de campanha do presidente norte-americano, Donald Trump, entrou com ação legal nesta quarta-feira (11/11) em Michigan para impedir o estado de certificar os resultados da eleição, que consagrou o democrata Joe Biden como vencedor.

Segundo o G1, na Geórgia, onde Biden também é apontado como vencedor, deve haver uma recontagem manual de todos os votos.

O secretário de Estado, Brad Raffensperger, afirmou em uma entrevista coletiva que a apuração deve começar ainda nesta semana e que os resultados serão certificados no próximo dia 20.

A ação da equipe de Trump em Michigan alega, segundo a agência, que eleitores descreveram supostas irregularidades na votação; assédio a observadores eleitorais do Partido Republicano; e cédulas ilegais e inelegíveis foram contabilizadas.

As alegações são parecidas às levantadas pela equipe de Trump em ações em outros estados. Segundo especialistas jurídicos, é improvável que o litígio resulte em uma vitória para o republicano.

Fonte: Metrópoles
print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*