Sem Neymar, Brasil defende liderança das Eliminatórias contra a Venezuela

A Seleção Brasileira entra em campo nesta sexta-feira (13/11) contra a Venezuela tendo que lidar com um desfalque de peso: Neymar. O craque do Brasil já não participaria do jogo contra os venezuelanos, foi vetado também do jogo contra o Uruguai, na terça-feira (17/11) e acabou cortado da delegação brasileira.

Sem seu principal jogador, Tite e seus comandados vão em busca da vitória para retomarem a liderança da competição, já que a Argentina empatou com o Paraguai e chegou ao primeiro lugar.

Novidades

Sem Neymar, Tite deve mandar uma Seleção diferente a campo nesta sexta. O time terá novidades no gol, no meio de campo e no ataque. O treinador teve que mexer em peças devido aos desfalques por lesão, como Neymar e Philipe Coutinho, ou por Covid-19, como Casemiro e Éder Militão.

No gol, Ederson ganha a vaga de Weverton, que atuou nos dois primeiros confrontos na competição. No meio de campo, Everton Ribeiro ficará responsável pela armação de jogadas na ausência de Neymar. Allan entra na vaga de Casemiro na contenção.

O ataque também teve mudanças. Gabriel Jesus e Richarlison começam jogando e dão nova cara ao setor ofensivo.

Com seis pontos, o Brasil precisa vencer para passar a Argentina, que chegou a sete pontos com o empate em casa diante do Uruguai.

Venezuela

Assim como o Brasil, a Venezuela também tem muitos problemas para a partida. O técnico José Peseiro não contará com o goleiro José Contreras e o meia Larotonda. Os dois testaram positivo para o novo coronavírus. Herrera e Martínez também estão fora, lesionados.

Por outro lado, o treinador terá a disposição jogadores que atuam no futebol brasileiro, como o meia Otero e os atacantes Savarino e Soteldo.

Retrospecto

O primeiro duelo entre as duas seleções completou 50 anos em 2019. De lá para cá foram 25 jogos entre os dois países.

E a Seleção Brasileira leva larga vantagem: são 21 vitórias, três empates e apenas uma derrota para os venezuelanos. O Brasil sofreu apenas oito gols e marcou 89 vezes contra o adversário.

Veja as informações da partida desta sexta-feira:

Ficha Técnica:
Escalações (prováveis):
Brasil: Éderson; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Allan, Douglas Luiz e Everton Ribeiro; Richarlison, Gabriel Jesus e Rodrigo Firmino. Técnico: Tite
Venezuela: Faríñez; Feltsche, Osorio, Ángel e Rosales; Cásseres, Rincón e Moreno; Savarino, Machís e Rondón. TécnicoJosé Peseiro
Data: Sexta-feira (13/11)
Horário: 21h30
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Transmissão: TV Globo e SporTV

Fonte: Metrópoles
print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*