Entenda como feriados prolongados interferem nas curvas da Covid-19

Com a aproximação dos feriados de Natal e Ano-Novo e a possibilidade de uma segunda onda de Covid-19 — a exemplo do que tem acontecido na Europa e nos Estados Unidos –, as aglomerações voltam a preocupar. Ainda mais se os índices da doença seguirem a tendência das outras datas comemorativas.

print