Suspeito de ser mandante de assassinato de advogados em Goiânia é preso

Ele teria sido capturado na divisa de Goiás com a Bahia. Identidade ainda não foi confirmada pela Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira, 17, suspeito de ser mandante do assassinato dos advogados Frank Alessandro Carvalhaes, de 47 anos, e Marcus Aprigio Chaves, de 41 anos.

Não há mais detalhes sobre a captura do suspeito. Nem a Polícia Civil, nem a Ordem dos Advogados do Brasil quiseram falar sobre a prisão, nem identidade. Apenas que ele já estaria a caminho de Goiânia. A previsão é que chegue na noite desta terça-feira.

Frank e Marcus foram mortos, no dia 18 de outubro, após dois homens se passarem por clientes no escritório de advocacia das vítimas, no Setor Oeste, em Goiânia. Um dos atiradores, Pedro Henrique Martins Soares, de 25 anos, foi preso em Tocantins no dia 30 de outubro. O outro foi morto pela Polícia Militar tocantinense.

Pedro Henrique está em Goiânia e disse à Polícia Civil que o crime se tratou de latrocínio.

 

Por Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*