Bolsonaro chega a Goiás para participar da entrega de mais de 3 mil títulos de propriedades rurais

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou na manhã desta quarta-feira (18) em Flores de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, para solenidade de entrega de mais de 3,2 mil títulos de propriedades rurais a moradores da região. Sem máscara, Bolsonaro provocou aglomeração logo após pousar.

Os beneficiários são famílias que vivem em 57 assentamentos espalhados por 31 cidades de Goiás e integrantes do Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA).

Também participam do evento o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Geraldo Melo Filho.

Bolsonaro causa aglomeração durante a chegada a Goiás para entrega de títulos de propriedades rurais — Foto: Giovana Dourado/TV Anhanguera

Bolsonaro causa aglomeração durante a chegada a Goiás para entrega de títulos de propriedades rurais — Foto: Giovana Dourado/TV Anhanguera

De acordo com o governo federal, em 2020, o Incra já emitiu, em todo o país, mais de 40 mil títulos para beneficiários da reforma agrária.

A ministra da Agricultura disse que além dos títulos das propriedades, os moradores da região também receberão auxílio técnico para poder garantir o plantio e venda da produção agrícola.

“Não é só o título, vocês vão receber assistência técnica. Estaremos aqui dando assistência técnica para que vocês possam produzir, ter renda, eliminar o intermediário e receber, lá na frente, o fruto do suor e trabalho de vocês”, afirmou.

Durante o evento, está previsto ainda o anúncio de outras melhorias para os moradores da região, como obras de recuperação de estradas que dão acesso a vários assentamentos, cujo investimento deve chegar a R$ 2,9 milhões.

Outro serviço de infraestrutura que deve ser realizado é a instalação de uma antena de internet Wi-Fi no assentamento Bom Sucesso, em Flores de Goiás. A instalação ficará a cargo do Ministério das Comunicações.

Fonte: G1 Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*