Chegaram ao Brasil, nesta quinta-feira, 120 mil doses da vacina Coronavac

O primeiro lote da vacina Coronavac chegou ao aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta quinta-feira (19/11). As 120 mil doses do imunizante contra o coronavírus saíram da China na última segunda-feira (16/11), segundo o Instituto Butantan.

Em Comissão na Câmara dos Deputados na terça-feira (17/11), Dimas Covas, diretor do instituto, afirmou que, além do primeiro lote da vacina, o Brasil receberá matéria-prima para a produção do imunizante.

O material deve chegar até o fim de novembro e 46 milhões de doses estarão prontas para uso, aguardando autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segurança

A revista científica The Lancet publicou, na terça-feira, um estudo que indica que a Coronavac é segura. A pesquisa mostra que 743 pacientes voluntários em testes no Brasil responderam positivamente ao imunizante, produzido pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Os voluntários tiveram resposta imune satisfatória nas fases 1 e 2 dos testes. Eles foram escolhidos aleatoriamente para receber duas doses da vacina: uma com 3 microgramas, e outra mais alta, com 6 microgramas ou placebo.

Depois de receber a primeira dose, os participantes — adultos saudáveis de 18 a 59 anos de idade — mostraram respostas de anticorpos em até 28 dias.

 

Fonte: Metrópoles

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*