Idosos são feitos reféns por trio que pediu ajuda para consertar carro, mas queria roubar gado em fazenda de Arenópolis, diz PM

Um casal de idosos, de 80 anos, foi feito refém por assaltantes em uma fazenda de Arenópolis, no oeste de Goiás. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos pediram ajuda aos moradores para consertar um carro, mas, na verdade, queriam roubar 100 cabeças de gado da propriedade. Durante a abordagem policial, os três suspeitos morreram.

As vítimas Maria Auxiliadora Costa Magalhães e Lásaro Alves de Magalhães contaram à polícia que foram abordados pelos criminosos por volta de 22h de terça-feira (24). Um vídeo mostra quando o casal é resgatado por uma equipe policial após passar toda noite e parte da madrugada trancado em um cômodo da propriedade (veja acima).

Em outro vídeo, feito pela polícia, os idosos contaram que os suspeitos simularam que estavam com um problema no carro e pediram ajuda a eles. Após falarem que não poderiam ajudar, os moradores foram abordados, ameaçados e trancados em um quarto.

“Eles chegaram perguntando se tinha uma chave de roda. Saí e falei que não. Eles me colocaram para dentro e falaram: ‘Não olha não, senão a bala come’”, disse o idoso.

Casal de idosos é resgatado pela PM trancado em quarto de fazenda de Arenopólis — Foto: Reprodução|TV Anhanguera

A idosa, que tem diabetes, chegou a passar mal por conta do susto e do tempo que ficou trancada em um cômodo da casa sem comer. Ela foi levada para o Hospital Municipal, onde recebeu atendimento. Ela já foi liberada e passa bem.

Abordagem e troca de tiros

 

De acordo com o major do batalhão rural Ygor Klay Morais Leite, cinco caminhões que seriam usados para transportar o gado estavam na propriedade. Segundo ele, os caminhoneiros foram contratados pelos criminosos, mas, ao perceberam que a carga não tinha nota fiscal, se recusaram a transportar os animais.

“Os motoristas dos caminhões estavam de boa-fé. Foram chamados para fazer o transporte do gado e, quando chegaram, pediram a documentação do transporte. Como não havia, eles se recusaram a fazer o transporte. Os criminosos disseram que iriam buscar a documentação na cidade”, disse o major.

Cinco caminhões seriam usados para transportar gado roubado em fazenda de Arenópolis — Foto: Reprodução|TV Anhanguera

Cinco caminhões seriam usados para transportar gado roubado em fazenda de Arenópolis — Foto: Reprodução|TV Anhanguera

Enquanto os suspeitos iam para a cidade, por meio de uma estrada rural, a PM se deparou com eles. Conforme a corporação, durante tentativa de abordagem, o motorista jogou o veículo em cima de uma viatura. Ainda de acordo com os policiais, os passageiros começaram a atirar contra os policiais.

“Os criminosos estavam indo embora, acho que iam desistir da ação porque não deu certo com os caminhoneiros. Nós fomos alertados a respeito da movimentação atípica na propriedade, no sentido de reunir gado à noite. Já estávamos a caminho da propriedade quando houve o confronto”, disse o major.

A equipe policial informou ainda que revidou os tiros e os três suspeitos, que não tiveram nomes nem idades divulgadas, foram atingidos. Uma equipe de socorro foi acionada, mas os suspeitos morreram no local.

Ainda conforme a corporação, um dos suspeitos já possuía diversas passagens por furtos e roubos de gado. Com o trio, foram apreendidos dois revólveres e uma pistola. O caso será investigado pela Polícia Civil de Iporá.

Animais que seriam roubados em fazenda de Arenópolis — Foto: Reprodução|TV Anhanguera

Animais que seriam roubados em fazenda de Arenópolis — Foto: Reprodução|TV Anhanguera

 

Fonte: G1 Goiás

 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*