Foragido da Justiça do DF é preso após votar com documento falso em Goiânia, diz PM

Um foragido da Justiça foi preso após votar usando documento falso, em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, contra ele havia um mandado de prisão em aberto pela prática de estelionato, expedido pela Justiça do Distrito Federal.

O nome do suspeito não foi divulgado pelas autoridades policiais, portanto, o G1 não conseguiu localizar a defesa dele para que se posicione sobre as acusações.

O suspeito foi preso no domingo (29). Conforme o relato da PM no boletim de ocorrência, por meio de informações repassadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma equipe do Batalhão Rural abordou o criminoso no momento em que ele estava na cabine de votação.

Segundo os policiais, com o suspeito foram encontrados cartões bancários, uma máquina de cartão e outros objetos, que segundo a corporação, teriam sido comprados com o dinheiro das vítimas.

Ainda segundo a PM, além do cumprimento do mandado de prisão em aberto, o homem também foi autuado em flagrante por uso de documento falso e corrupção ativa, pois no momento da prisão, ele teria oferecido R$ 15 mil aos policiais para não ser preso.

Após ser preso, ele foi encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal em Goiânia. A reportagem não conseguiu checar junto ao Poder Judiciário se ele segue detido até esta segunda-feira (1º).

Fonte: G1 Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*