Covid-19: Anvisa define critérios para pedido de uso emergencial da vacina

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou, nesta quarta-feira (2/11), os critérios para pedidos de autorização do uso emergencial de vacinas contra a Covid-19. Em outros países, este tipo de documento temporário permite que as imunizações sejam aplicadas em grupos mais sensíveis à contaminação e desenvolvimento de quadros graves antes de o registro completo ser finalizado.

O órgão afirma que as empresas interessadas neste tipo de autorização devem enviar dados de estudos clínicos e não clínicos, de qualidade, boas práticas de fabricação, estratégia de monitoramento e controle e resultados provisórios dos ensaios clínicos. As farmacêuticas também precisam comprovar que a fabricação e estabilidade do imunizante são suficientes para garantir a qualidade da vacina. Os pedidos serão analisados individualmente pela Diretoria Colegiada da Anvisa.

Fonte: Metrópoles
print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*