Casal suspeito de envolvimento em assalto a banco em Criciúma é preso em SP

A polícia prendeu, no fim da noite dessa quinta-feira (4/12), mais duas pessoas acusadas de terem envolvimento no assalto cinematográfico a uma agência bancária, ocorrido nesta semana de Criciúma (SC). Identificados apenas como Sheila, de 36 anos, e Eduardo, 41, o casal foi preso em Campinas, interior de São Paulo, onde os investigadores encontraram uma série de munições. Agora já são 11 presos no total.

Na garagem do casal, os policiais encontraram um carro usado no ataque em Criciúma. O irmão de Sheila, identificado como Diego, teria usado o cartão de crédito dela para abastecer o veículo, antes de partir para o Sul do país, dois dias depois. Segundo a Polícia Militar, a suspeita detida teria assumido que sabia que o irmão viajaria para Criciúma. Ele continua foragido.

O casal foi encaminhado ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), na capital paulista, onde passaram por interrogatório madrugada adentro. Lá, Eduardo contou a polícia que Diego já teria participado de outros assaltos a caixas eletrônicos anteriormente. A suspeita é que o casal tenha participado da logística do roubo, segundo o portal G1.

No carro de Diego, a polícia encontrou explosivos e munição para fuzil. O pai dele deu um relato à polícia em São Paulo e foi liberado.

 

 

Fonte: Metrópoles

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*