DF: menino de 7 anos morre ao ser atropelado por trator conduzido pelo pai

Um menino de 7 anos morreu, na tarde de sábado (5/12), no Núcleo Rural Desembargador Colombo Cerqueira, no Paranoá, após ser atropelado pelo pai, um homem de 29 anos, que conduzia um trator do tipo pá carregadeira. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) apura o caso como homicídio culposo (sem intenção de matar).

No momento do incidente, o pai trabalhava com o veículo quando a criança decidiu andar de bicicleta. O homem não viu o filho e acabou passando por cima dele.

O menino foi levado ao Hospital Regional do Paranoá (HRC), onde uma equipe médica confirmou o óbito por politraumatismo.

Policiais da 6ª DP (Paranoá) realizaram perícia no local do atropelamento.

Apesar de caracterizado o homicídio culposo, o pai não foi preso, pois a morte da criança, segundo trecho do artigo 121 do Código Penal, “prescreve a desnecessidade da aplicação da pena, nos casos em que o autor é atingido gravemente pelas consequências da infração, como ocorre na espécie, em que é inconteste a dor experimentada pelo autor, pois, ainda que por negligência ou imperícia, ceifou a vida do próprio filho”.

 

 

Fonte: Metrópoles

 

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*