Fiscalização interdita três festas clandestinas com milhares de pessoas em Goiânia

Três festas clandestinas com milhares de pessoas foram interditadas no fim de semana pela Prefeitura de Goiânia. Os participantes foram flagrados aglomerados e sem máscaras. Durante a fiscalização, dois homens foram presos com armas e drogas. Os agentes relataram que foram recebidos a pedradas por alguns participantes.

“A guarnição da Guarda Civil foi recebida com bastante hostilidade, onde os indivíduos jogaram garrafas de vidro, pedaços de pau, pedras e outros objetos. Foi necessária a utilização dos meios moderados de força”, disse o guarda civil metropolitano Rayone Azevedo.

Todas as festas interditadas foram realizadas na noite de sábado (5). Mais de R$ 100 mil em multas foram aplicados pelos órgãos de fiscalização.

A primeira festa interditada acontecia em uma chácara no Setor São José. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM) mais de 600 pessoas participavam do evento, incluindo 40 adolescentes, que foram levados pelo Juizado da Infância.

O dono da chácara foi multado pela Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) em R$ 50 mil e teve o som apreendido. Os organizadores da festa fugiram e não foram identificados.

A segunda festa acontecia em um clube no Setor Parque Santa Rita. De acordo com a GCM, mais de 1,5 mil pessoas participavam do evento. Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso por porte ilegal de arma. Drogas foram apreendidas no local e 10 carros automotivos foram multados.

A Amma também multou o dono do clube em R$ 50 mil. Um foragido da Justiça também foi recapturado pela Polícia Militar.

Fiscalização interdita três festas clandestinas com milhares de pessoas em Goiânia  — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Fiscalização interdita três festas clandestinas com milhares de pessoas em Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O terceiro evento clandestino interditado pelos agentes da fiscalização da prefeitura acontecia em uma boate com mais de 300 pessoas, no Setor Center Ville. A boate foi embargada pela Vigilância Sanitária por descumprimento dos protocolos de combate à Covid-19.

Os três locais ainda foram autuados pela Secretaria Municipal de Planejamento (Seplanh) em quase R$ 1,8 mil cada, por falta de alvarás de funcionamento. Os estabelecimentos também foram multados em mais R$ 4 mil, cada um, pela Vigilância Sanitária.

A ação de prevenção à Covid-19 é conduzida pela Central de Fiscalização da Prefeitura de Goiânia. A população pode realizar denúncias por meio do aplicativo Prefeitura 24 horas.

Drogas, armas e dinheiro foram apreendidos em festas clandestinas em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Drogas, armas e dinheiro foram apreendidos em festas clandestinas em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Fonte: G1 Goiás
print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*