Senador Kajuru rebate acusação de Marconi sobre Operação Cash Delivery

Ex-governador participou de evento com prefeitos e vices eleitos pelo PSDB em 2020

O senador Jorge Kajuru (Cidadania) rebateu acusação do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) de que a deflagração da Operação Cash Delivery, que realizou buscas e apreensão em endereços ligados a ele e ao ex-tesoureiro de campanha Jayme Rincón, teria sido um conluio feito pelo radialista.

Kajuru diz que foi a Palmas, em Tocantins, para visitar o procurador federal Mario Lúcio de Avelar para passear e para ajudá-lo com marketing político para campanha a governador do Estado pelo PSOL, em 2018. O senador chamou Marconi de “patife” e “maior ladrão da história de Goiás” e que ele deveria “mofar na cadeia”.

“Ocorre que foi ele quem descobriu que a Saneago deu R$ 200 milhões de dinheiro público para a campanha de Marconi Perillo para ele ser reeleito. Foi o procurador quem descobriu tudo e provou tudo na Operação Decantação, que acabou levando esse bandido para a cadeia, lamentavelmente só por um dia”, aponta Kajuru ao Jornal Opção.

“Que tramóia?”, indaga. “Eu não tramei nada contra. A população de Goiás que viu que era hora do “basta” e ele ficou em 5º lugar [na eleição para Senado em 2018], que ele merece. E nunca mais voltará a política de Goiás se Deus quiser. Porque o goiano descobriu quem é Marconi Perillo… que eu descobri em 1999″, finaliza.

Críticas

A declaração de Marconi foi feita durante evento com prefeitos e vices eleitos pelo PSDB em 2020 realizado na chácara do presidente estadual do partido e prefeito de Trindade Jânio Darrot, na última semana. Na ocasião, o ex-governador disse que a derrota do partido nas urnas, em 2018, teria sido fruto de “armação”.

“Nós temos que ter muita segurança e dignidade para defender o nosso legado. Tivemos um revés em 2018 por armação política. Tomaram o nosso mandato. Todo mundo sabe que, poucos meses antes, o procurador foi candidato em Palmas e o Kajuru foi lá na campanha dele e ele depois ajudou o Kajuru com essa tramóia toda aqui, que resultou no que vocês sabem”, afirmou Marconi.

O ex-governador ainda fez crítica a atuação gestão de Ronaldo Caiado (DEM), que se limitou a responder que o “o povo já deu a resposta para o PSDB nas eleições”.

 

Por Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*