Jovem é morto a tiros na porta de hospital quando socorria namorada baleada, em Pirenópolis

Mateus Gonçalves da Silva, de 21 anos, foi morto a tiros na porta do Hospital Municipal Ernestina Lopes Jaime em Pirenópolis, no centro de Goiás. A namorada dele, que não teve a identidade divulgada, foi baleada no braço e está se recuperando do ferimento.

O crime aconteceu na noite de quinta-feira (10). Segundo o delegado Tibério Martins, responsável pelo caso, o casal estava em um carro quando foi abordado por pessoas em outro veículo, que atiraram algumas vezes. Mateus estava dirigindo e não se feriu, mas a namorada foi baleada. Então, ele seguiu para o hospital para buscar ajuda.

“Quando ele parou na porta do hospital, não percebeu que havia sido seguido pelos autores dos disparos. Eles desceram e, logo que iam entrar no hospital, um homem desceu do outro carro e atirou no Mateus, que morreu na porta do hospital”, contou o delegado.

A corporação localizou o carro usado pelos autores abandonado incendiado, para dificultar que a perícia encontre pistas no veículo.

De acordo com o delegado, a principal suspeita é de que Mateus teria algum envolvimento com drogas e que o crime tenha acontecido por causa de alguma disputa relacionada ao uso de entorpecentes. No entanto, Tibério não descarta outras possibilidades.

Fonte: G1 Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*