CNJ recomenda que tribunais indiquem o mesmo número de mulheres que o de homens em bancas de concurso para juiz

Direitos autorais: Michael Melo/Metrópoles

Por Rosanne D’Agostino, G1 — Brasília

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*