Revista Veja: ex-deputado de Goiás, Daniel Messac recebe multa de R$ 50 milhões por destruir Amazônia

O ex-deputado estadual em Goiás Daniel Messac (PSDB) é um dos maiores destruidores da floresta amazônica em 2020. Conforme publicado pela Veja, uma recente investigação mostrou que o político seria o dono de uma fazenda em São Félix do Xingu (PA) e, que no local, foram queimados ilegalmente 5,1 mil hectares, o equivalente a 214 estádios de futebol.

O Ibama já confirmou oficialmente a aplicação da multa no maior valor possível, de R$ 50 milhões, como estipulado no decreto nº 6.514 de 2008. A autuação ocorreu em outubro de 2020, referente a uma ação dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) no Triunfo do Xingu. Os dois acessos possíveis partem de dentro de uma propriedade de 1.155 hectares chamada Fazenda Castanheira, cujo dono é Daniel Messac.

“No local das infrações, foram encontrados acampamentos onde dez homens atuavam com tratores e motosserras para derrubar a vegetação. Havia até uma pista de avião de 750 metros de extensão e 50 metros de largura para aeronaves despejarem sementes de capim na região, a fim de transformar a área num grande pasto”, aponta a revista Veja.

Por Poder Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*