Caiado chora ao falar de saída de Iris da vida pública e diz que agora “a ficha caiu”

“Sentimento de saudade já está batendo forte”, disse Caiado no café da manhã

Auxiliares de Ronaldo Caiado (DEM) disseram ao Mais Goiás que o governador foi às lágrimas no momento em que comentava o fim da vida pública do prefeito Iris Rezende (MDB), que acontece no dia 31 de dezembro deste ano. Com o microfone em mãos, Caiado afirmou que “somente agora a ficha caiu”. “O sentimento de saudade já está batendo forte ao saber que, daqui seis dias, estará entregando a prefeitura”, disse o governador.

A despedida aconteceu nesta quinta-feira, véspera de Natal, em café da manhã que reuniu secretários da prefeitura e do governo do Estado. “Estou mais tomado de emoção que o próprio prefeito. Ter o seu apoio foi muito importante para mim”, reconheceu Caiado, que estava acompanhado também da filha, Anna Vitória – que foi procuradora-geral do município na gestão de Iris.

Iris reconheceu publicamente a importância da parceria que Caiado estabeleceu junto ao Paço Municipal. E reafirmou: “Dentro de poucos dias, estaremos entregando a prefeitura. Que vossa excelência esteja ciente de que nós somos extremamente agradecidos.” O evento ainda contou com um momento de oração e a veiculação de vídeos sobre os feitos de Iris neste último mandato à frente de Goiânia, além de homenagem ao gestor municipal.

Após o café da manhã, Iris e Caiado seguiram para a inauguração da ampliação da Marginal Botafogo, no trecho que liga a avenida Jamel Cecílio, no Jardim Goiás, à avenida Segunda Radial, na altura do Setor Pedro Ludovico. O local foi liberado para tráfego após vistoria das autoridades.

Por Mais Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*