Brasil registra 483 mortes por Covid-19 em 24 horas; a tendência é de estabilidade pelo segundo dia

Coronavírus: o vírus teria que infectar 70% da população brasileira para parar de circular e, mesmo assim, poderia ter novos surtos no futuro (Yuichiro Chino/Getty Images)

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta sexta-feira (25).

O país registrou 483 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 190.515 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 690. A variação foi de +7% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença pelo segundo dia seguido. O país entrou em uma tendência de alta na média de mortes 4 de dezembro e só entrou em estabilidade 20 dias depois.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 7.447.625 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 23.195 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 40.530 novos diagnósticos por dia — o maior valor desde o começo do consórcio. Isso representa uma variação de -7% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que também indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

11 apresentaram alta na média móvel de mortes: PR, MG, MS, MT, AC, AM, AP, PA, AL, PE e SE.

Brasil, 25 de dezembro

 

  • Total de mortes: 190.515
  • Registro de mortes em 24 horas:483
  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 690 (variação em 14 dias: +7%)
  • Total de casos confirmados: 7.447.625
  • Registro de casos confirmados em 24 horas: 23.195
  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 40.530 por dia (variação em 14 dias: -7%)

 

Por G1

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*