Hospitais federais no Rio registram falta de médicos no recesso de Natal, dizem funcionários

Médicos conversam em um hospital da Cruz Vermelha de Wuhan, na China, em 16 de fevereiro de 2020 — Foto: Stringer/AFP

Hospitais da rede federal registram falta de profissionais da saúde, de acordo com denúncias feitas ao RJ1 desta sexta-feira (25). Servidores denunciam que funcionários da Riosaúde não foram trabalhar no Hospital Cardoso Fontes, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, mesmo estando de plantão.

“Os cinco funcionários da Riosaúde do plantão de hoje não vieram. É revoltante, é revoltante”, disse uma pessoa que não quis se identificar.

Parte dos funcionários é da própria rede federal. Outros trabalham por tempo determinado, num contrato que vai até 31 de dezembro. Há também os contratados pela Riosaúde.

“Essa noite nós tínhamos 13 pacientes internados no covidário. O lugar que foi planejado e elaborado para abrigar apenas 5 pacientes graves, nós tivemos 3 óbitos, sendo um dos óbitos a mãe de um colega que estava de plantão, que recebeu a mãe morta”, relatou a mesma pessoa.

No dia 20, um dos médicos teria trabalhado sozinho com 34 pacientes. Ele disse que iria pedir demissão.

Por Ana Paula Santos, RJ1

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*