Veja as regras para eventos de ano novo nas cidades turísticas de Goiás

Determinações são para conter aglomerações

O ano atípico de 2020 também terá uma virada diferente dos demais. Isso porque, devido à pandemia, as tradicionais festas públicas de Ano Novo foram canceladas nas principais cidades turísticas de Goiás. Já em outros municípios, prefeituras liberaram a realização de eventos internos em hotéis e restaurantes, desde que sigam as regras de higiene para evitar o contágio do novo coronavírus.

De acordo com o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, a orientação foi como em outros feriados, “com protocolos, Ministério Público acompanhando e aumento de efetivo”. “Os municípios que farão barreira sanitária terão o auxílio da polícia e nós não vamos interferir neste sentindo. Mas não haverá festas populares, nem shows e apresentações coletivas para evitar aglomerações. Nos outros feriado deu certo esta estratégia, então manteremos”, destaca.

Na capital goiana, por exemplo, a festa de réveillon foi cancelada. A Prefeitura de Goiânia informou ainda que fiscalizará as áreas públicas e pontos turísticos com potencial de aglomeração com a ajuda da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar de Goiás.
Veja abaixo como ficam os eventos nas principais cidades turísticas de Goiás:
Caldas Novas

Parque aquático em Caldas Novas (FOTO: Divulgaçã0)
Famosa por atrair milhões de turistas durante todo o ano, a cidade das águas quentes não terá a tradicional queima de fogos neste ano. No entanto, a prefeitura do município autorizou eventos dentro de hotéis, resorts e restaurantes, desde que obedeçam as regras de higiene pessoal e sanitárias estabelecidas pela Vigilância Sanitária municipal. Entre as regras estão: a limpeza frequente de lugares comuns e o uso obrigatório de máscaras.
O cancelamento da festa, que seria custeada pela prefeitura, foi anunciada em decreto, assim como as regras para as festas particulares. Os estabelecimentos que não cumprirem as medidas podem ser interditados.
Pirenópolis

Centro de Pirenópolis (FOTO: Divulgaçã0)
Pirenópolis adotou medidas similares às de Caldas Novas. As festas de virada de ano serão permitidas apenas em estabelecimentos privados. A principal diferença é que a cidade instalou barreiras sanitárias para controlar a entrada de pessoas.

Desde o último sábado (26/12) até a próxima quinta-feira (31/12), está autorizada a entrada de moradores e turistas com reservas comprovadas para o Ano Novo na cidade. A prefeitura também cancelou a típica queima de fogos.

Cidade de Goiás

Cidade de Goiás (FOTO: Divulgaçã0)
Na cidade de Goiás, a prefeitura determinou, por decreto, o fechamento das vias públicas que dão acesso à Praça do Coreto, principal ponto turístico do município. A festa da virada também foi cancelada. No documento publicado constram algumas regras a serem seguidas, entre elas a de que é proibido o uso de som mecânico e automotivo. Haverá fiscalização da Polícia Militar.
Serão permitidas manifestações artísticas de pequeno porte com participação de até duas pessoas, seguindo protocolo sanitário da cidade e o uso obrigatório de máscaras de proteção facial.

Aruanã

Aruanã  (FOTO: Divulgaçã0)
A Prefeitura de Aruanã cancelou todos os tipos de festas no Ano Novo, isso significa que não serão permitidos os eventos públicos, nem mesmo em ambientes privados. A administração municipal pediu apoio da Polícia Militar para fiscalizar as principais áreas públicas e turísticas, como o rio Araguaia, que atrai todos os anos milhares de turistas.

Por A Redação


print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*