☠️ *Grupo de Investigação de Homicídios de Formosa* ☠️ ➡️ *OPERAÇÃO TRAPEZITA* ⬅️

Na tarde do dia 08 do mês de janeiro de 2021 o Grupo de Investigação de Homicídios de Formosa (com o apoio do 1º e 2º DDP e do GEPATRI) cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de um dos mandantes e do atirador do crime que vitimou MARCELO PEREIRA DOS SANTOS, proprietário da Auto Elétrica 2 Irmãos.

A vítima era agiota e às 19:00 horas do dia 26 do mês de agosto do ano de 2019, na cidade de Formosa, mais precisamente à Avenida Lagoa Feia, nº 835, Setor Formosinha, estava na porta do seu estabelecimento comercial quando recebeu vários disparos de arma de fogo tipo revólver.

O GIH iniciou as investigações e logrou êxito em esclarecer que o crime foi motivado pela vontade de dois devedores em não quitar as dívidas de agiotagem com MARCELO.

Em razão disso foi contratado (mediante pagamento) um terceiro indivíduo para ceifar a vida da vítima.

No dia de hoje o GIH/Formosa logrou êxito em cumprir mandado de prisão preventiva em desfavor de um dos mandantes que se encontrava na cidade de Formosa.

Ao mesmo dia, em operação conjunta com a Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado do Distrito Federal PCDF (DECOR/PCDF) foi ainda cumprido, naquela unidade da federação, mandado de prisão preventiva em desfavor da pessoa paga para exercer a função de atirador no dia do crime.

O inquérito policial já foi concluído e será encaminhado ao Poder Judiciário para que o Ministério Público promova a responsabilização penal dos autores.

Trapezita era um termo utilizado na Grécia Antiga para se referir à função de banqueiro. Posteriormente foi utilizado no Império Romano como sinônimo de agiota.

Um dos autores do crime, MÁRCIO LINO GOMES segue foragido.

#policiacivil #pcgo #gih #homicidios #11drp

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*