Ex-ministro é cotado para assumir cargo de Lúcia Vânia no governo de Caiado

Foto: Reprodução

Gilberto Occhi, um dos nomes cotados, é ligado a Alexandre Baldy. Marise Fernandes também é citada para o cargo

A Secretaria de Desenvolvimento Social do governo de Goiás deve ficar, a partir deste ano, sob gestão de um técnico indicado pelo Progressistas, partido presidido no Estado pelo ex-ministro Alexandre Baldy. Os dois nomes mais cotados são Gilberto Magalhães Occhi e Marise Fernandes de Araújo. Ambos são ligados ao ex-deputado Baldy.

Gilberto Occhi: ex-ministro e ex-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) | Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O advogado Gilberto Occhi é considerado um técnico altamente experimentado, ministro da Integração Nacional, das Cidades e presidente da Caixa Econômica Federal. Ele é ligado ao presidente nacional do PP, Ciro Nogueira, e a Alexandre Baldy.

Marise Fernandes: técnica qualificada da Caixa Econômica Federal | Foto: Reprodução

Marise Fernandes é apontada como uma das mais qualificadas superintendentes da Caixa Econômica Federal em toda a sua história (atuou nas regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste do país). Ao mesmo tempo que é técnica, tem visão política, e não é uma mera burocrata de carreira. É formada em Direito e Economia e é pós-graduada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com extensão feita em Ohio, nos Estados Unidos.

O governador Ronaldo Caiado, ao definir o nome para a Seds, certamente ouvirá, além de Alexandre Baldy, o prefeito reeleito de Anápolis, Roberto Naves, um articulador político hábil e ligado ao líder do partido Democratas.

Por Jornal Opção

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*