Gasolina no Centro-Oeste sobe 1,3% e mantém o patamar mais alto do país

O Índice de Preços Ticket Log (IPTL) consatou que o Centro-Oeste registrou um aumento de 1,3% no preço da gasolina e manteve o patamar do combustível como o mais alto de todo o país. O produto alcançou a média de R$ 4,770 no fechamento de dezembro e chegou a variar 6% no comparativo com outras regiões brasileiras.

Já o etanol, embora tenha apresentando aumento de quase 3% em dezembro, figura como o mais barato do país, sendo comercializado a R$ 3,504. Ambos os combustíveis apresentaram valores similares aos praticados no início da pandemia de coronavírus no Brasil. Em março, a média do etanol na região estava em R$ 3,505; da gasolina, em R$ 3,657.

Na relação 70%/30%, que compara a vantagem entre os dois combustíveis, a região segue dividida.“Como nos meses anteriores, em Goiás e no Mato Grosso, o etanol compensou mais no bolso do consumidor. No Distrito Federal e Mato Grosso do Sul, a gasolina foi mais vantajosa”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Ao entrar no detalhe dos estados, o Mato Grosso do Sul segue liderando com a gasolina mais cara da região, apresentando a média de R$ 4,863. O etanol com o valor mais alto ficou com o Distrito Federal, sendo encontrado a R$ 3,711. O Mato Grosso manteve as médias mais altas tanto para o diesel comum (R$ 4,220) quanto para o diesel S-10 (R$ 4,159).

Os valores mais baixos da região, foram encontrados em Goiás, que apresentou os preços mais baratos para o diesel comum (R$ 3,772), o diesel S-10 (R$ 3,837) e o etanol (R$ 3,295). A gasolina mais barata foi registrada no Mato Grosso, a R$ 4,719.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo.

 

 

Fonte: Metrópoles

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*