Polícia cumpre 12 mandados de prisão contra grupo suspeito de desviar R$ 100 milhões e ostentar vida de luxo em Goiás

A Polícia Civil de Goiás realiza, nesta terça-feira (23), a Operação Último Drink contra um grupo suspeito de desfalcar em mais de R$ 100 milhões o governo de Goiás. Foram cumpridos 12 mandados de prisão temporária e 20 de busca e apreensão como resultado de uma investigação que aponta que os criminosos levam vida de luxo através de sonegação fiscal e falsificações.

A corporação apurou que empresários e contadores, além de outros investigados, são suspeitos de usar laranjas para desviar o dinheiro público. Comprovada a autoria, eles devem responder associação criminosa, crimes contra a ordem tributária e falsificações ideológica, documental, entre outras.

A Delegacia de Repressão a Crimes Contra Ordem Tributária (DOT) é responsável pela operação e trabalha com apoio da Secretaria de Economia de Goiás.

As equipes que atuam na Operação estiverem em residências de luxo em condomínios horizontais nesta manhã. Os policias avaliam documentos e encontraram armas em uma das casas.

Fonte: G1 Goiás

print

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*