Hospital em Uruaçu terá 200 leitos para tratamento da Covid-19 em março

Serão 68 UTIs e 118 leitos de enfermaria no local.

A partir do dia 8 de março, o Hospital em Uruaçu contará com 200 leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19. Ao todo, serão 68 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 118 leitos de enfermaria. Inauguração deve ocorrer no mês previsto para ser o pior momento da doença em Goiás. Unidade de saúde será estruturada para ser referência na região Centro-Norte goiana.

Na manhã deste domingo (28), o governador Ronaldo Caiado (DEM), o secretário de saúde Ismael Alexandrino e integrantes da equipe técnica da pasta realizaram vistoria no local. Segundo informou o democrata, o ‘start’ de atendimento no local só vai acontecer em março.

“Hoje é uma visita de vistoria. Estou aqui com meus secretários, todos eles para vistoriarem essa estrutura, como também com toda a equipe técnica. O ‘start’ é a partir do dia 08, oportunidade em que começaremos a abrir os leitos para receber as pessoas contaminadas pela Covid-19”, comentou.

A unidade hospitalar foi inaugurada na gestão anterior, mas estava inacabada e com a construção paralisada. O local já recebeu equipamentos para acompanhamento e diagnóstico dos pacientes. Também foram instalados tomógrafos de 64 canais, aparelhos de raios X e ultrassonografia, entre outros.

Pós-pandemia

Após a pandemia, o Hospital do Centro-Norte Goiano terá finalidade de hospital geral para atendimento regional de urgência e emergência. A estrutura comportará cirurgias, internações e casos de alta complexidade. O investimento do Governo de Goiás na construção é de R$ 117 milhões, o que torna a obra a maior da área da saúde da região.

O local também terá um centro oncológico. “Teremos aqui também em Uruaçu uma ala do hospital para tratar pacientes com câncer. Tudo isso será instalado aqui dentro, lógico com estrutura de hemodiálise, centro cirúrgico, de UTIs, de cirurgias de urgência e de rotina, e também de atendimento aos pacientes do ponto de vista clínico”, anunciou o governador.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mais Goiás

print