Presos suspeitos de matar homem por engano na frente da família em Abadia

Vítima teria sido confundida com o irmão que possui dívidas de drogas. Esposa e filho de seis meses presenciaram a cena.

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira (2), três homens, de  20, 22 e 27 anos, e um menor, de 17, suspeitos de matar um homem na frente da mulher e do filho de seis meses, em Abadia de Goiás. Com o crime, segundo as investigações, supostos envolvidos buscavam acerto por dívida de drogas. O real alvo seria o irmão da vítima baleada.

O homicídio ocorreu em 11 de fevereiro. Policiais logo constataram que o baleado não tinha qualquer envolvimento com o tráfico. A fim de apurar as circunstâncias da morte, policiais desencadearam uma operação para cumprir três mandados de prisão temporária, um de internação provisória e quatro mandados de busca e apreensão domiciliar.

Com os suspeitos foram encontrados uma pistola, 67 munições, insumos utilizados na produção de drogas e aproximadamente R$5 mil, em espécie. Veículo utilizado no crime também foi confiscado.

Segundo a polícia, os homens possuem registro criminal por roubo, tráfico e receptação. Um dos detidos usava tornozeleira eletrônica.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mais Goiás

print