Covid-19: todos estados e o DF ultrapassaram a marca de mil mortos

A 10 dias de completar um ano da primeira morte por Covid-19 no Brasil, o país atinge novo feito: com os óbitos registrados nos dias 1º e 2 de março, todas as 27 unidades da Federação somam mais de mil vítimas fatais da doença. Na última semana, apenas o Acre, o terceiro estado menos populoso, estava abaixo da margem. Agora, não mais. Por lá, já são 1.020 brasileiros que perderam a vida para o SARS-CoV-2.

Em números absolutos, São Paulo continua no topo, com 60.014 mortes, seguido do Rio de Janeiro (33.176) e de Minas Gerais (18.645). Em relação ao tamanho da população, no entanto, Amazonas, Rio de Janeiro e Roraima apresentam índices mais alarmantes. Nesses entes federativos, a taxa de mortalidade está acima de 183 a cada 100 mil habitantes – e, no maior estado do Norte, já chegou a 265,7.

Os dados divulgados fazem parte do levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, que acompanha diariamente o avanço do novo coronavírus no Brasil.

print