Renda Família já recebeu 3.165 cadastros; inscrições vão até o fim do mês de março

As inscrições para o Renda Família vão até o dia 31 de março e, até o momento, o programa já recebeu 3.165 inscrições. O projeto é voltado para famílias em situação de vulnerabilidade social e tem como objetivo reduzir os impactos econômicos causados pela Covid-19.

Lançado no dia 22 de fevereiro, o programa oferece auxílio no valor de R$300,00, durante seis meses, por meio de um cartão que será entregue no endereço do imóvel indicado na inscrição e, preferencialmente, para a mulher indicada no cadastro.

O benefício alcançará, de acordo com a Prefeitura de Goiânia, cerca de 24 mil famílias e deve ser usado para a aquisição de alimentos como arroz, feijão, macarrão, entre outros suprimentos, movimentando o comércio local e ajudando a recuperar a economia da capital.

Até o momento, 48 cadastros foram deferidos e os cartões já serão entregues nos próximos dias. Outras 3080 inscrições estão em análise e 37 possuem informações pendentes. Somente nesta semana, o site da Prefeitura de Goiânia registrou mais de 400 mil visualizações da página, com até 700 usuários simultâneos.

Inscrições

As inscrições para o Renda Família podem ser realizadas até o dia 31 de março, pelo portal da Prefeitura de Goiânia, no site www.goiania.go.gov.br/renda-familia. Para ter acesso ao benefício é preciso ter idade superior a 18 anos, residir em imóvel cujo valor venal seja de até R$ 100 mil. Além disso, é necessário que todos os moradores da família estejam sem fonte de renda ou inscritos em programas, com exceção do Bolsa Família. A família deve ter, ainda, apenas um único imóvel e não possuir MEI ativo.

Para realizar a inscrição, basta preencher o formulário disponível no site, apresentar a documentação requerida, concordar com o Termo de Aceite e aguardar análise da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin). Na realização do cadastro, é necessário ter em mãos o número da inscrição cadastral do imóvel e CPF de todos os residentes.

A tramitação do processo pode ser acompanhada também pela Internet, por meio do login e senha criados no ato da inscrição. Também é possível agendar no site da prefeitura uma data e horário para atendimento presencial em uma unidade do Atende Fácil.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Diário de Goiás 

print