Saiba as vantagens de usar o açúcar de coco no lugar do refinado

Para quem procura uma alternativa para o açúcar branco, o açúcar de coco é uma opção com uma longa lista de vantagens. Além de contar com minerais como zinco, cálcio, magnésio, potássio, vitaminas e fibra em sua composição, o ingrediente tem índice glicêmico mais baixo que o açúcar “tradicional”.

O açúcar de coco é produzido a partir da evaporação da seiva contida nas flores da planta do coco, processo que dá origem a um granulado marrom. Entre os benefícios do alimento estão vitaminas como a vitamina B1, importante para o bom funcionamento do metabolismo.

O cálcio e o fósforo presentes na composição fortalecem dentes e ossos, enquanto o magnésio participa da atividade enzimática, da regulação dos níveis de cálcio e potássio, da transmissão de estímulos entre neurônios e atua na aceleração do metabolismo.

Na composição do alimento entram ainda o potássio, que ajuda a regular a pressão, e o zinco, que reforça a imunidade e contribui para o desenvolvimento mental. Por fim, o açúcar de coco contém ferro, substância vital para manter o sangue e o sistema imunológico saudáveis.

Outro grande atrativo do alimento é a presença de inulina, uma fibra que faz com que o açúcar seja absorvido mais lentamente pelo organismo, impedindo que se atinja um pico glicêmico tão alto quanto o observado no consumo do açúcar branco.

Apesar de ser uma opção mais nutritiva que o açúcar refinado, é preciso tomar cuidado com o exagero. Isso porque o açúcar de coco tem uma elevada quantidade de carboidratos em sua composição, tornando-o um alimento de alto valor calórico.

O ingrediente também tem elevado teor de frutose, quando comparado a outros alimentos com as mesmas vitaminas e minerais na composição, o que também aumenta sua quantidade de calorias.

 

Fonte: Metrópoles

print