Exagerando na quarentena? Descubra se sua dieta está em risco

Até mesmo as pessoas mais dedicadas em seguir uma alimentação saudável podem ter furado o plano alimentar em algum momento durante a pandemia da Covid-19. Com tantas incertezas sobre o futuro, é difícil escapar de tentações como comer doces ou fazer lanches com alimentos mais calóricos do que o habitual, atrapalhando assim o propósito de perder peso ou, simplesmente, ter uma rotina mais saudável.

De acordo com a nutricionista Laura de Souza Silva, da clínica brasiliense Nutrindo o Conhecimento, fatores como o home office e o descontrole da pandemia de Covid-19 geram ansiedade, estresse, insegurança, entre outros sentimentos que servem de gatilhos para comer impulsivamente.

Os principais sinais de que está havendo um descompasso entre a intenção de seguir uma rotina saudável e as atitudes cotidianas podem ser notados quando as pessoas passam a fazer mais lanches do que o habitual, quando elegem alimentos que não tinham o costume de comer e quando começam a incluir sobremesas nas refeições. “A fome emocional, que não está relacionada às necessidade do corpo, pode colocar os objetivos em risco”, alerta Laura.

“Em momentos assim, o paladar deseja alimentos mais calóricos, como doces, massas e frituras, o que dificulta a execução do plano alimentar. Isso deve ser conversado com sinceridade durante a consulta com o nutricionista pois, é possível ajustar e incluir alimentos que auxiliam no controle do apetite”, explica Laura.

print