Catalão interrompe atividades não essenciais por nove dias

Município suspendeu os serviços concessionários e permissionários de transporte urbano municipal coletivo e venda de bebidas alcoólicas no período.

A prefeitura de Catalão editou decreto, nesta sexta-feira (5), interrompendo todas as atividades não essenciais pelos próximos nove dias, a partir deste sábado (6), para combater a pandemia da Covid-19. Podem funcionar: supermercados e similares (de segunda a sábado, das 6h às 20h); farmácias; distribuidoras e revendedoras de gás, bem como postos de combustíveis; e serviços de urgência e emergência em saúde e estabelecimentos de atendimento de saúde, permitido o funcionamento com horário marcado, sendo proibidos atendimentos/procedimentos estéticos. “Fica suspenso os serviços concessionários e permissionários de transporte urbano municipal coletivo”, indica o texto divulgado nas redes sociais da administração municipal.

Além destes, também permanecem em funcionamento cemitérios e serviços funerários; estabelecimentos industriais, vedado qualquer atendimento ao público; construção civil, com atividade concomitante de no máximo seis trabalhadores, vedada as atividades aos domingos e feriados; hospitais veterinários e clínicas veterinárias exclusivamente voltados aos serviços de urgência e emergência; borracharias, mediante agendamento, exclusivamente em situação de urgência/emergência; estabelecimentos comerciais que atuem na venda de produtos agropecuários, vedada as atividades aos domingos e feriados; serviço de saneamento, energia elétrica, telecomunicações e segurança pública e privada; e serviço público de coleta, varrição, iluminação pública, tratamento do lixo urbano e manutenção e conservação do patrimônio público.

O texto também estabelece o regramento do trabalho interno em comércios, como o funcionamento com 50% da capacidade em situação presencial; autorização de delivery para o comércio em geral; além de “pontos de apoio de parada de ônibus e caminhões intermunicipal e interestadual, borracharias e oficinas mecânicas localizadas às margens da rodovia, poderão funcionar normalmente, desde que o atendimento seja restrito exclusivamente à população em trânsito”.

Vedações

Ainda segundo informado pela prefeitura, fica proibido o comércio de bebidas alcoólicas por todos os estabelecimento comerciais, assim como consumo em locais de uso público ou coletivo no período de vigência do decreto. Atividades religiosas também estão vedadas, assim como qualquer evento presencial propício a aglomeração e disseminação da Covid-19.

Também estão impedidas as atividades em espaços públicos de uso coletivo, como parques e praças; e suspensos os estágios acadêmicos presenciais, em instituições públicas e privadas, com e sem fins lucrativos, exceto os da área da saúde para os alunos do último ano de seus respectivos cursos e o internato do curso de Medicina. Aulas presenciais, em todos os níveis, devem ser interrompidas.

“Fica proibido a circulação de pessoas em espaço de uso público entre 20h30min e 05h00min, exceto para trabalhadores das atividades ressalvadas neste Decreto durante o deslocamento necessário para exercício da atividade e, em caso de urgência e emergência”, informa, ainda. Velórios e cerimônia de sepultamento não deverão ocorrer nos casos suspeitos ou confirmados da Covid.

Em relação as empresas do sistema privado de transporte coletivo, elas devem realizar o transporte de passageiros sem exceder à capacidade de passageiros sentados. Também é exigido a promoção do escalonamento de horários de expediente para empresas, indústrias e serviços.

Em caso de infrações, estabelecimentos podem ser interditados. O texto é assinado pelo prefeito Adib Elias. Confira na íntegra AQUI. Segundo boletim do quinta-feira (4), Catalão já registrou 6.278 casos de Covid desde o início da pandemia. Os óbitos confirmados são 176.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mais Goiás

print