Mulher morre com Covid-19 seis dias após parto de emergência, em Catalão

Lara Nascimento, de 33 anos, morreu de Covid-19, na quinta-feira (4), seis dias depois de passar por um parto de emergência, em Catalão, na região sudeste de Goiás. A recém-nascida, que não pegou coronavírus, mas está internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal.

Segundo a prefeitura, a mulher teve o parto com 35 semanas de gestação, em um hospital particular de Catalão, no último sábado (27). Por conta do parto prematuro, Lara teve de ficar internada na unidade de saúde, onde descobriu que também estava com Covid-19.

Ainda segundo o município, três dias depois de dar à luz, ela apresentou piora no quadro clínico e foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade (UPA), onde precisou ser internada em um leito de UTI.

Devido à gravidade do quadro de saúde de Lara, na quarta-feira (2), ela foi transferida para a Santa Casa de Catalão, onde não resistiu às complicações causadas pela Covid-19 e morreu.

Em nota, a unidade de saúde informou que a paciente deu entrada no hospital “com estado gravíssimo, entubada e, infelizmente, o quadro dela evoluiu para óbito na quinta-feira, às 11h50”.

De acordo com a prefeitura, ela tinha sérios problemas de saúde. Entre eles, anemia falciforme, uma doença genética grave que atinge os glóbulos vermelhos.

A Prefeitura de Catalão informou, na manhã desta sexta-feira (5), que a filha de Lara, por ser uma bebê prematura, precisou ser internada logo após o parto, em uma UTI Neonatal, mas que ela passa bem.

Casos de coronavírus

 

De acordo com a Prefeitura de Catalão, até quinta-feira, o município registrava 6.278 casos de coronavírus e 176 mortes. Em todo o estado, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), há mais de 408 mil pessoas contaminadas, sendo que 8.777 morreram.

Fonte: G1 Goiás

print