Presidente da Associação de Caminhoneiros de Goiás morre de covid-19

Amim de Oliveira ficou internado por quase uma semana numa UTI da capital.

O presidente da Associação dos Caminhoneiros de Goiás (Aproteb), Amim de Oliveira Silva, morreu vítima das complicações ocasionados pela covid-19 na última quinta-feira (4), ao 73 anos. Amim, que havia sido diagnosticado com a doença em fevereiro, ficou internado por quase uma semana numa unidade de terapia intensiva (UTI) da capital e acabou não resistindo.

Na última quarta-feira (3), o filho de Amim, Ronaldo de Oliveira, chegou a fazer uma publicação pelo perfil do Facebook do pai em que dava informações sobre o grave estado dele e nutria esperança de sua recuperação.. “Tivemos uma boa notícia que ele deu uma melhora. Não foi muito, mas graças a Deus foi uma melhora. Vamos continuar a orar para ele sair logo dessa”, escreveu.

No entanto, o óbito de Amim foi confirmado ontem. “Com grande dor no coração, venho avisar que meu pai faleceu”, afirmou o filho do presidente e fundador da Aproteb.

Time do Goianésia lamentou a perda

Pelas redes sociais, o Goianésia Esporte Clube também manifestou luto pela morte de Amim, que foi presidente do clube de futebol na década de 80. Veja abaixo:

“Com muita tristeza recebemos a notícia do falecimento de Amim (popularmente conhecido como Bejo), ex-presidente do Goianésia Esporte Clube. Prestamos nossas condolências aos familiares e amigos! Amim deixa um legado, e seu nome estará para sempre, escrito em nossa história! Descanse em Paz!”

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Foca Lá

print