Brasil registra 10 mil mortos pela covid-19 em uma semana

O Brasil alcançou, nesta semana – 28 de fevereiro até este sábado, 6 de março – a maior quantidade de óbitos por Covid-19 até agora. Foram 10.104 registros, número que sobressaiu o último maior, até então, que havia sido registrado na semana epidemiológica anterior (21 a 27 de fevereiro), com 8.244 mortes pela doença. O número de mortes nessa semana é maior do que qualquer tragédia que já tenha acontecido na história do Brasil.

Além disso, o número de casos também foi o maior nesta semana, observando toda a pandemia, com 421,6 mil casos. A semana epidemiológica 2 (10 a 16 de janeiro), até então, era a com a maior quantidade de casos, com 379 mil registros.

Nesta sexta-feira (5), o Ministério da Saúde havia registrado 1.555 óbitos em 24 horas, chegando ao total de 264.325 pessoas mortas pela doença durante a pandemia do novo coronavírus. Sobre os diagnósticos, já são 10,9 milhões de casos confirmados, sendo que nas últimas 24 horas foram computadas mais 69.609 pessoas com a doença no país.

Goiás

No território goiano, nas últimas 24 horas, foram registrados 521 casos da Covid-19, seguidos de 24 mortes no mesmo período. O boletim da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informou que, ao todo, 412.281 casos de doença pelo coronavírus 2019 (Covid-19) foram detectados no território goiano desde o início da pandemia. Destes, há o registro de 392.055 pessoas recuperadas e 8.903 óbitos confirmados. No Estado, há 345.512 casos suspeitos em investigação. Já foram descartados 232.398 casos.​

Há 8.903 óbitos confirmados de Covid-19 em Goiás até o momento, o que significa uma taxa de letalidade de 2,16%. Há 246 óbitos suspeitos que estão em investigação.

Doses aplicadas

Levantamento oficial realizado pela SES-GO apurou que, referente à primeira doseforam aplicadas 242.473 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Em relação à segunda dose, foram vacinadas 58.222 pessoas. Esses dados são preliminares.

Conforme pactuado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), as Secretarias Municipais de Saúde devem registrar, de forma obrigatória, as informações sobre as vacinas administradas no módulo Covid-19 do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI Covid-19).

Em relação ao recebimento e distribuição de vacinas, o Estado de Goiás já recebeu 514.480 doses, sendo 395.480 da CoronaVac e 119.000 da AstraZeneca. Destas, foram distribuídas 461.240 doses, sendo 342.240 da CoronaVac e 119.000 da AstraZeneca.

 

Por O Hoje

print