Brasileiros em Libertadores e Mundial

Copa Libertadores e o Mundial de Clubes mexem com os nervos de qualquer torcedor. Quem não sonha ver seu time levantar a taça mais cobiçada da América do Sul e ter o prestígio de ser campeão mundial? Antes da estreia dos brasileiros na fase preliminar da edição de 2021, reunimos as estatísticas de cada participação de um clube nacional nestas duas competições para entender onde o Brasil se encaixa nesse cenário.

Copa Libertadores e o Mundial de Clubes mexem com os nervos de qualquer torcedor. Quem não sonha ver seu time levantar a taça mais cobiçada da América do Sul e ter o prestígio de ser campeão mundial? Antes da estreia dos brasileiros na fase preliminar da edição de 2021, reunimos as estatísticas de cada participação de um clube nacional nestas duas competições para entender onde o Brasil se encaixa nesse cenário.

Quem tem o melhor aproveitamento? Que jogador marcou mais gols? Qual é o país mais vitorioso? Essas e outras perguntas estão respondidas logo abaixo.

Títulos brasileiros

Ranking das Taças dos Clubes Brasileiros

De 1960 até 2004, o torneio que reunia clubes campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões era chamado de Copa Intercontinental. Em 2000, foi disputado no Brasil um torneio que testou um novo formato, com mais clubes. Todos eles são reconhecidos como Mundiais.

Títulos por países

  • LIBERTADORES
    Argentina 25
    Brasil 20
    Uruguai 8
    Colômbia 3
    Paraguai 3
    Chile 1
    Equador 1
  • MUNDIAL
    Espanha 11
    Brasil 10
    Argentina 9
    Itália 9
    Uruguai 6
    Alemanha 5
    Inglaterra 3
    Países Baixos 3
    Portugal 2
    Paraguai 1
    Sérvia 1

América do Sul X Europa

Lista das taças conquistadas por equipes europeias e equipes da américa do sul

Se os clubes brasileiros venceram 20 das nossas 57 Libertadores (35%), no Mundial o aproveitamento é ainda melhor. As equipes do país ganharam o título em 10 das 20 participações (50%), mas o percentual sofre uma queda vertiginosa desde 1996.

Naquele ano, a Corte Europeia de Justiça deu ganho de causa a uma ação trabalhista movida pelo atacante belga Jean-Marc Bosman, dando a ele e a todos os jogadores que tivessem passaporte europeu o direito de jogar em qualquer clube do bloco.

Isso permitiu a formação de supertimes e deixou cada vez mais exposto o abismo econômico que existe entre América do Sul e Europa. Os sul-americanos, que tinham seis títulos de vantagem naquela época, hoje estão oito atrás. Além disso, com a inserção de uma fase semifinal a partir de 2005, os times sul-americanos ficaram quatro vezes em terceiro lugar e uma vez em quarto (em 2020) no Mundial.

Brasileiros na Libertadores

ATLÉTICO-MG

PARTICIPAÇÕES

VITÓRIAS

EMPATES

DERROTAS

JOGOS

TÍTULOS

GOLS PRO

GOLS CONTRA

SALDO DE GOLS

Grêmio

20 106 43 54 203 3 308 183 125
Palmeiras

20 108 36 53 197 2 363 208 155
São Paulo

20 94 44 53 191 3 293 184 109
Cruzeiro

17 95 32 39 166 2 211 112 99
Flamengo

16 71 29 36 136 2 250 157 93
Corinthians

15 64 27 31 122 1 211 120 91
Santos

15 80 30 33 143 3 271 159 112
Internacional

13 64 36 32 132 2 190 119 71
Atlético-MG

10 40 25 26 91 1 137 100 37
Vasco

9 30 23 21 74 1 94 76 18
Athletico-PR

7 29 10 25 64 0 91 87 4
Fluminense

6 26 12 16 54 0 77 55 22
Botafogo

5 22 9 16 47 0 64 54 10
Bahia

3 6 5 3 14 0 18 15 3
Guarani

3 9 9 6 24 0 36 25 11
São Caetano

3 13 11 9 33 0 46 29 17
Chapecoense

2 2 1 5 8 0 6 14 -8
Coritiba

2 4 5 3 12 0 15 13 2
Sport

2 7 2 5 14 0 18 14 4
Bangu

1 0 2 4 6 0 6 12 -6
Criciúma

1 6 2 2 10 0 19 12 7
Goiás

1 5 3 2 10 0 14 5 9
Juventude

1 2 1 3 6 0 8 12 -4
Náutico

1 1 2 3 6 0 4 6 -2
Paraná

1 4 2 4 10 0 14 12 2
Paulista

1 1 3 2 6 0 4 7 -3
Paysandu

1 5 2 1 8 0 17 9 8
Santo André

1 2 2 2 6 0 11 6 5

Os clubes brasileiros jogaram 1.826 partidas em toda a história da Copa Libertadores. As vitórias vieram em metade dos jogos, 915 (50,1%), já as derrotas somam 500, o que representa 27,3% do total. Com dois títulos, um a menos que São Paulo e Grêmio, o Cruzeiro venceu 57,2% dos seus jogos, o melhor aproveitamento entre os brasileiros campeões da América. O atual detentor do título, no entanto, não fica muito atrás. O Palmeiras ganhou 54,8% de suas partidas e tem maior saldo de gols dentre os times nacionais: 155, contra 149 da Raposa. No total, o Brasil marcou 2.891 gols na competição e tem um saldo positivo de 1.041.

ARTILHEIROS POR CLUBES BRASILEIROS
Luizão 29
Palhinha Oliveira 25
Ricardo Oliveira 19
Guilherme Alves 19
Tita 18
Fred 18
Marcelinho Carioca 18
Jairzinho 18
Pelé 17
Paolo Guerrero 17
Robinho 17
Zico 16
Mário Jardel 16
Leandro Damião 15

Brasileiros no Mundial

CLIQUE NAS ABAS PARA REORGANIZAR A TABELA

CLIQUE NA LINHAPARA SABER MAIS

ATLÉTICO-MG

PARTICIPAÇÕES

VITÓRIAS

EMPATES

DERROTAS

JOGOS

TÍTULOS

GOLS PRO

GOLS CONTRA

SALDO DE GOLS

Grêmio

3 2 1 1 4 1 3 2 1
Santos

3 5 0 2 7 2 18 15 3
São Paulo

3 4 0 0 4 3 9 5 4
Corinthians

2 4 2 0 6 2 9 3 6
Cruzeiro

2 0 1 2 3 0 0 4 -4
Flamengo

2 2 0 1 3 1 6 2 4
Internacional

2 3 0 1 4 1 7 5 2
Palmeiras

2 0 1 2 3 0 0 2 -2
Vasco

2 3 1 1 5 0 8 4 4
Atlético-MG

1 1 0 1 2 0 4 5 -1

Dos 28 clubes brasileiros que já disputaram a Libertadores, apenas 10 avançaram para o Mundial de Clubes. Com quatro vitórias em quatro partidas, o tricampeão São Paulo tem o melhor aproveitamento. O time que mais jogou foi o bicampeão Santos. Até 1979, a competição era feita em duas partidas entre os finalistas. Em 1963, o time santista ainda teve um terceiro jogo para o desempate, o que ajudou para que o clube tenha um total de sete partidas.

ARTILHEIROS POR CLUBES BRASILEIROS
Pelé 7
Pepe 3
Alecsandro 2
Amoroso 2
Coutinho 2
Nunes 2
Paolo Guerrero 2
Raí 2
Renato Gaúcho 2
Ronaldinho Gaúcho 2

CRÉDITOS

Design:Alexandre LageFabio PennaMario LeiteApuração e texto:Fabio PennaDesenvolvimento:Elihofni LimaFilipe Cunha

Fonte: Globo Esporte
print