Morre Adhemar Santillo, ex-prefeito de Anápolis, aos 81 anos

O ex-prefeito de Anápolis, Adhemar Santillo, morreu nesta terça-feira (9), aos 81 anos. Ele estava internado no Hospital Evangélico Goiano (HEG) desde domingo (7), tratando de uma embolia pulmonar.

Santillo teve covid-19, mas estava recuperado. Porém, a doença causou sequelas, como a embolia pulmonar, e ele precisou ser internado.

Natural de Ribeirão Preto (SP), ele nasceu em 13 de novembro de 1939. Filho de Virgínio Santillo e Elídia Maschietto Santillo, foi deputado estadual (1971-75), federal (1975-86), secretário de Comunicação do governo do estado e prefeito de Anápolis por dois mandatos, entre 1986 e 1989 e de 1997 a 2001.

Ele foi um dos fundadores do MDB em Anápolis e considerado um dos grandes ícones da resistência à ditadura militar na cidade.

Adhemar era irmão de Henrique Santillo, que também foi deputado federal, senador, governador do estado e ministro da Saúde do governo Itamar Franco.

O ex-prefeito, após abandonar a política, administrava programas jornalísticos na Rádio Manchester, uma das mais tradicionais de Anápolis.

Ele deixa a esposa Onaide Silva Santillo e três filhos: André Luiz, Luiz Augusto e Cláudio.

O governador Ronaldo Caiado disse, em nota, que recebeu a notícia com pesar. “Nesse momento de imensa tristeza, deixo minha solidariedade à esposa, ex-deputada Onaide Santillo, seus filhos, demais familiares e amigos. Que Deus em sua infinita bondade possa consolar o coração de todos”.

 

Por Diário de Goiás

print