Mortal Kombat: produtor do filme diz que fatalities foram suavizados

Por Redação do ge — São Paulo

O filme de Mortal Kombat está ganhando cada vez mais detalhes após o lançamento do trailer que empolgou a comunidade do jogo. Desta vez, no entanto, o produtor Todd Garner comentou em uma entrevista que os fatalities, movimentos de finalizações famosos na franquia, estarão presentes no longa, mas explicou que eles não devem ser tão brutais como no game.

Novo filme de Mortal Kombat será lançado ainda em 2021 — Foto: Reprodução

Novo filme de Mortal Kombat será lançado ainda em 2021 — Foto: Reprodução

Em entrevista para o Comicbook, Garner explicou que os filmes possuem restrições de idade um pouco diferente daquelas presentes nos jogos, até porque as cenas são vivenciadas por humanos.

– Eu estou sob as restrições da Associação de Filmes da América. Então vivo dentro dessas regras. Nós vamos fazer isso (os Fatalities) o máximo que conseguirmos – disse o diretor.

– Existem coisas doidas que você faz nos jogos. Eu não sei se vocês realmente gostariam de ver Ludi (Lin, que interpreta o Liu Kang) ter a cabeça arrancada – continuou.

 

Vale destacar que o Mortal Kombat 11, último título lançado da franquia, recebeu classificação indicativa para maiores de 18 anos no Brasil. A suavização dos fatalities no filme, no entanto, não quer dizer que eles não estarão presentes em grande escala, e também não indica que o filme não deva receber o mesmo nível de brutalidade dos jogos, o que já pode ser reparado ao assistir o trailer.

Fonte: Globo Esporte 

print