Sem estrelas e com novo técnico: veja o que mudou no Santos da final à estreia na Libertadores

Por Bruno Giufrida — Santos, SP

Faz pouco mais de um mês que o Santos entrou em campo para enfrentar o Palmeiras na decisão da Libertadores de 2020, no dia 30 de janeiro. Naquela tarde, no Maracanã, o Peixe era liderado por Lucas Veríssimo e Diego Pituca. Mas essa dupla não estará na atual edição da competição.

Para a estreia, nesta terça-feira, contra o Deportivo Lara, às 19h15 (de Brasília), os desfalques são ainda maiores. Marinho, em recuperação de Covid-19, Pará, ainda contaminado pelo novo coronavírus, e Kaio Jorge, com lesão na coxa, não entram em campo na partida de ida da segunda fase da Libertadores.

Da equipe que perdeu a final por 1 a 0 para o Palmeiras, o Santos também não tem o técnico Cuca. O contrato do treinador terminou em fevereiro, e o argentino Ariel Holan foi contratado para o seu lugar depois de o profissional anunciar que não renovaria.

O jogo contra o Deportivo Lara será o segundo do novo treinador do Peixe – o primeiro foi a derrota por 4 a 0 para o São Paulo, no sábado.

Ariel Holan comanda o Santos na estreia da Libertadores — Foto: Ivan Storti/SantosFC

Ariel Holan comanda o Santos na estreia da Libertadores — Foto: Ivan Storti/SantosFC

Enquanto não terá Marinho nesta terça-feira por causa da recuperação da Covid-19, o Santos perdeu Lucas Veríssimo e Diego Pituca definitivamente. O zagueiro e o volante foram vendidos para o Benfica, de Portugal, e o Kashima Antlers, do Japão, respectivamente, e ainda não foram substituídos.

Como não pode registrar novos jogadores, por causa da punição da Fifa pela dívida da contratação do atacante Soteldo, com o Huachipato, do Chile, o Santos não se reforçou para a estreia da Libertadores.

O único “novo” jogador, além das promessas das categorias de base que foram promovidas, é o atacante Copete. O colombiano estava emprestado ao Éverton, do Chile, e voltou ao Santos quando a janela internacional de transferências estava fechada, então não pôde ser registrado no decorrer da Libertadores passada.

Copete, do Santos, está inscrito na Libertadores — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Copete, do Santos, está inscrito na Libertadores — Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos que entrou em campo para enfrentar o Palmeiras na final da Libertadores tinha: John, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Sandry, Alison e Diego Pituca; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.

O Peixe que deve entrar em campo nesta terça-feira terá: João Paulo (John), Sandro, Kaiky (Luiz Felipe), Luan Peres e Felipe Jonatan; Sandry, Alison e Gabriel Pirani (Bruno Marques); Lucas Braga, Jean Mota e Soteldo.

Fonte: Globo Esporte
print