“Está havendo abuso nessa política de ‘feche tudo’”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, na manhã desta quarta-feira (10/3), que vê abuso nos pedidos por parte dos governadores por um lockdown nacional. A consideração foi feita em uma conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

“A maioria dos governadores querem um lockdown nacional. Imagina se fosse o Haddad presidente? Nem precisava o governador ter pedido, né? Sabemos a dificuldade, povo está sofrendo. Está havendo abuso, no meu entender, nessa política de ‘feche tudo’, porque a economia não dá para ver depois não”, apontou.

A conversa de Bolsonaro com apoiadores foi registrada em vídeo por um canal no YouTube simpático ao presidente.

Bolsonaro afirmou que a política do lockdown não era para salvar vidas, mas para dar tempo para os hospitais se reequiparem. “Imagina para esses caras que fecham: não falta nada para eles? O salário todo mês na conta… Eu que tenho me colocado no local de quem não tem”, disse.

No domingo (7/3), o Fórum Nacional de Governadores anunciou, por meio do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), a proposta de adoção de medidas restritivas e preventivas até o próximo dia 14 para conter o coronavírus. Até o momento, 22 governadores anunciaram que vão se juntar ao Pacto Nacional Para Conter a Covid-19/Medidas Preventivas.

O Brasil ultrapassou, nessa terça-feira (9/3), os Estados Unidos em número de mortes registradas em 24h por conta da Covid-19. Dados divulgados para a imprensa mostram que 1.954 brasileiros morreram vítimas do coronavírus em apenas um dia.

Fonte: Metrópoles

print