COI irá disponibilizar vacinas da Covid-19 para atletas de Tóquio-2020

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, informou nesta quinta-feira (11/3) que a China ofereceu doses da vacina da Covid-19 a todos os atletas que irão disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Esta irá incluir também os nomes que se classificarem para as Olimpíadas de Inverno de Pequim, em 2022, além dos atletas paralímpicos.

“O COI recebeu uma oferta gentil do Comitê Olímpico da China, que ofereceu vacinas não só para os atletas olímpicos dos Jogos de Inverno de Pequim 2022, mas também para os de Tóquio 2020. Essa cooperação com o COI para disponibilizar as doses da vacina poderão ser de duas formas: via colaboração de parceiros internacionais ou em países em que já há acordos de fornecimento de vacina do governo chinês”, explicou Bach.

O Brasil tem acordou com o Sinovac, fabricante chinês, responsável pela produção do CoronaVac, vacina desenvolvida com colaboração com o Instituto Butantan, de São Paulo.

Apesar de não ter detalhes sobre a distribuição e nem quando as vacinas estarão disponíveis, Bach garantiu que assinou a declaração de equidade da Organização Mundial da Saúde (OMS). Esta prevê a aplicação das dose até o Dia Mundial da Saúde, 7 de abril.

“Estamos gratos por esta iniciativa, que mostra o verdadeiro espírito olímpico de solidariedade. Essas iniciativas são um marco para assegurar a segurança dos Jogos de Tóquio. São nossa demonstração de solidariedade com o povo japonês, por quem temos o maior respeito. É o símbolo de uma unidade global necessária para superarmos a Covid-19”, comemorou o presidente do COI.

 

Fonte: Metrópoles

print