Deputado entrega sugestões ao prefeito de Goiânia para retomada de atividades produtivas

O deputado estadual Jeferson Rodrigues (Republicanos), acompanhado do deputado federal João Campos (Republicanos), se reuniu nesta sexta-feira (12/03) com o presidente da presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Marcelo Baiocchi. No encontro, Jeferson Rodrigues e João Campos receberam das mãos de Marcelo Baiocchi um documento com sugestões de medidas sanitárias e protocolos a serem implantados, a partir da próxima segunda-feira (15/3) com o objetivo de contribuir com as ações para evitar a disseminação da Covid-19 e também possibilitar a retomada das atividades produtivas em Goiânia.

Em seguida, Jeferson Rodrigues, atuando como um dos interlocutores do setor produtivo, entregou ao prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), o documento com as sugestões da Fecomércio. “O prefeito sabe da gravidade da situação, mas também tem entendimento da importância do setor produtivo. Queremos encontrar, ouvindo a sociedade, uma solução para o nosso povo. Sabemos que tem muitos pais e mães que estão sem saber como colocar o pão na mesa de seus filhos. Estamos em uma guerra, mas não podemos fugir dela”, disse.

Segundo o deputado estadual, é possível retomar as atividades. “Vamos ouvir os demais prefeitos da Região Metropolitana, o Centro de Operações de Emergências (COE), o Ministério Público e os demais poderes. Com responsabilidade, tem como agir. A sociedade espera bom-senso”, afirmou.

No documento, a Fecomércio sugere o funcionamento de todas as atividades essenciais e não essenciais, econômicas e não econômicas no período compreendido entre segunda-feira e sábado, adotando escala de funcionamento dos estabelecimentos da seguinte forma: atividades essenciais, tais como postos de combustíveis, supermercados, panificadoras e congêneres, das 6h às 22h; comércio em geral, das 9h às 19h; prestadores de serviço, das 10h às 20h; shopping centers, galerias, centros comerciais e correlatos, das 12h às 20h; comércio da região da Rua 44, de quarta-feira a sábado, das 7h às 15h.

Sobre o funcionamento de bares, restaurantes e similares, o documento sugere o atendimento para entrega no balcão até às 22h e após este horário apenas pelo sistema delivery. Além disso, o Fecomércio pede a autorização para realização de cultos e missas com limitação de até 30% e feiras livres seguindo todos os protocolos estabelecidos pelos órgãos de controle.

 

 

 

 

 

Fonte: O Hoje

print