Policiais Civis anunciam paralisação em homenagem a colegas mortos

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol Goiás) convocou todos os policiais para realizarem uma paralisação, nesta sexta-feira (12), das 15 às 16 horas, na porta de todas as delegacias do Estado de Goiás, em homenagem aos nove policiais da ativa que foram mortos pela Covid-19.

A maior concentração será no pátio das delegacias especializadas da Polícia Civil, onde o presidente do Sinpol, Paulo Sérgio Alves de Araújo, estará disponível para atender a imprensa.

Com 50% do efetivo nas delegacias, os policiais que estão em serviço se concentrarão durante uma hora em frente a todas as delegacias do Estado. Eles foram convocados a desligarem os seus computadores e a se vestirem de preto, em luto pelos colegas que foram mortos.

O protesto também tem como pauta a solicitação do tratamento prioritário da classe no plano de imunização dos profissionais da Segurança Pública e também a exigência do fornecimento de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs).

Desde o início da pandemia de Covid-19, foram confirmados 608 casos entre os policiais da ativa, sendo que, além dos nove casos de mortes confirmados, ainda há outros seis casos em investigação. Outros 76 policiais estão em quarentena neste momento, por estarem infectados.

Somente os policiais que estão em serviço participarão da paralisação. Eles vão manter o distanciamento social e devem seguir os protocolos sanitários de higienização e de utilização de máscaras.  Policiais que estão em home office ou estão em casa não foram convocados. Eles devem permanecer em casa, para evitar aglomerações.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: O Hoje

print