Fiscais acabam com festa clandestina com mais de 150 pessoas e multam em R$15 mil o dono do espaço, em Goiânia.

Segundo a fiscalização, jovens compartilhavam narguilé e não usavam máscara de proteção. Vídeos mostram convidados aglomerados e toda a estrutura do evento, que foi divulgado nas redes sociais.

Em meio à pandemia, uma festa clandestina com 160 pessoas foi encerrada pela Central de Fiscalização da Covid-19, em uma chácara para eventos no setor Jardim das Rosas, em Goiânia. Imagens mostram convidados aglomerados, mesas e toda estrutura do evento.

A festa tinha sido divulgada nas redes sociais e ocorreu na madrugada do domingo (14). Segundo os fiscais, a maioria do público era de jovens, os quais consumiam bebidas alcoólicas, compartilhavam narguilé e não usavam máscara de proteção contra o coronavírus.

De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), o responsável pelo local foi multado em R$ 15 mil por descumprimento do decreto de medidas contra a Covid-19, infração sanitária e pelo fato de ser reincidente em festas no local.

Sobre o não uso de máscara, a Amma informou que as pessoas que estavam com a documentação no momento da abordagem foram multadas pelos fiscais da Guarda Civil Metropolitana (GCM) em R$ 110, cada. A agência não divulgou quantos convidados receberam a infração.

Participaram da ação, fiscais da Amma, da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplanh), da Vigilância Sanitária, além de equipes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e Polícia Militar.

 

 

 

 

Fonte: G1 Goiás 

print