Inauguração de UTIs em Anápolis permite reabertura do comércio

A cidade passa a ter 93 unidades de terapia intensiva para tratamento de pacientes com covid-19.

Na noite do último domingo (14), o prefeito de Anápolis, Roberto Naves (Democratas), publicou um vídeo em suas redes sociais anunciando a abertura de mais 20 leitos de UTI destinados à Covid-19 no município. Dessa forma, a cidade sai da matriz de risco alto e passa a receber a classificação de risco moderado. Isso permite que estabelecimentos considerados não essenciais, e que estavam com restrições de funcionamento desde o dia 5 de março, possam voltar a funcionar.

O comércio varejista e atacadista poderá manter as portas abertas e o atendimento presencial das 9h às 16h, de segunda a sexta-feira. Aos finais de semana, eles deverão permanecer fechados. Já bares e restaurantes poderão abrir até 22h, com limitação de 30% da capacidade.

Os 20 novos leitos de UTI foram doados ao sistema de saúde municipal pelo grupo farmacêutico Hypera Pharma, instalados no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia). Agora o município passa a ter 93 unidades de terapia intensiva para tratamento de pacientes com complicações causadas pelo nono coronavírus.

Roberto Naves explicou que a avaliação de risco será feita todos os dias e caso a demanda por leitos de terapia intensiva cresça, o comércio voltará a fechar. “De agora em diante esta avaliação vai ser diária. No momento em que nós passarmos de 90%, a gente vai pro risco alto e vamos aumentar o grau de isolamento para contermos a propagação dessa doença” esclareceu o prefeito.

O prefeito ainda ressaltou que a inauguração dos novos leitos não deve servir de motivação para abandonar os cuidados. Ele lembrou que vivemos um momento muito delicado da pandemia e que a população deve continuar a usar máscara, higienizar sempre as mãos e evitar aglomerações. “Cuidem das pessoas que vocês amam”, finalizou.

 

 

 

 

Fonte: Mais Goiás

print