Goiás ultrapassa 11 mil mortes por Covid-19 um ano após o primeiro óbito pela doença

Goiás ultrapassou 11 mil mortes por Covid-19 um ano após o primeiro óbito pela doença, que foi registrado em 26 de março de 2020. No auge da pandemia, o estado registra, nesta sexta-feira (26), o segundo dia seguido de 200 mortes em 24h, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

A primeira vítima do coronavírus em Goiás foi a idosa Maria Lopes, de 66 anos, que morava em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Ela era hipertensa, tinha diabetes, doença pulmonar obstrutiva crônica e teve dengue pouco antes da Covid-19. A idosa morreu no Hospital de Doenças Tropicais (HDT), em Goiânia.

Do início da pandemia até esta sexta-feira, Goiás já registrou 473.464 moradores contaminados, sendo que nas últimas 24h foram 4.097 novos casos, e 11.048 mortes. Nesta semana, foram 634 mortes e 19.388 novos infectados.

O balanço da SES mostra também que 448.282 pessoas se recuperaram da doença e 399.043 casos em investigação.

A rede pública hospitalar está com 95% dos leitos de UTIs ocupados nesta sexta-feira. Na enfermaria, 81% das vagas estão preenchidas. A SES não divulgou a fila de espera por leitos especiais e enfermarias de Covid-19.

Em Goiânia, 97% das UTIs estão com pacientes. O nível da enfermaria se repete: 97% de ocupação.

Vacinação

 

Um levantamento realizado pela SES apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas 429.612 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o estado. Em relação à segunda dose, foram vacinadas 117.424 pessoas.

Em relação ao recebimento e distribuição de vacinas, o estado já recebeu 847.780 doses, sendo 715.280 da CoronaVac e 132.500 da AstraZeneca.

Evolução dos casos

 

Casos confirmados:

  • O governo estadual registrou os três primeiros casos de Covid-19 em 12 de março;
  • Em 6 de maio, Goiás ultrapassou 1 mil casos confirmados e atingiu 45 mortes;
  • Em 15 de junho, o estado contabilizou 10 mil casos de coronavírus e 226 mortes;
  • Em 14 de agosto, o estado ultrapassou 100 mil casos confirmados da doença;
  • Goiás ultrapassa 150 mil casos em 9 de setembro;
  • Em 18 de dezembro, o número dobrou, ultrapassando 300 mil casos;
  • A Secretaria de Saúde informou no dia 30 de janeiro que foram registrados 350 mil casos;
  • Goiás registrou recorde de casos em um dia em 24 de março, com 5.409 novos infectados.

 

Mortes confirmadas:

  • A primeira morte por coronavírus registrada em Goiás foi em 26 de março;
  • A marca de 1 mil mortes foi registrada em 16 de julho, dois meses após o início da pandemia em Goiás;
  • A marca de 3 mil mortos foi atingida em 28 de agosto;
  • Em 7 de outubro, Goiás ultrapassou as 5 mil mortes pela doença;
  • Goiás chegou a 8 mil mortes em 15 de fevereiro de 2021;
  • O estado registrou 50% mais mortes em fevereiro em relação a janeiro de 2021;
  • O recorde de mortes em 24 horas foi de 267, registrado em 10 de março.
  • Em 18 de março, Goiás atingiu 10 mil mortes pela doença.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1 Goiás

print