Taxa de isolamento fica abaixo de 50% durante feriado em Aparecida

Fiscalização da prefeitura realizou operações para coibir festas clandestinas e aglomerações.

Média de taxa de isolamento durante o feriado prolongado ficou abaixo de 50% em Aparecida de Goiânia. Entre o dia 1º e o Domingo de Páscoa (4), a média da taxa de isolamento no município ficou em 48%. O dia em que o índice ficou mais baixo foi na quinta-feira (1), quando  46% da população ficou dentro de casa. Nos quatro primeiros dias deste mês, Aparecida registra índices de isolamento social de 46% a 50%.

Os dados são da Plataforma Telcos Big Data Covid-19 que usa  os registros de telefonia das 5 maiores operadoras desse segmento do Brasil. De acordo com a aferição, o município com menor taxa de isolamento na quinta-feira (1º) foi o município de Mineiros, onde apenas 37% da população se manteve em isolamento.

Já no Domingo de Páscoa (4), Aparecida elevou o a taxa de isolamento para 50%. Neste dia, a pior taxa de isolamento registrada ficou no município de Catalão, que ficou em 43%. Como noticiado pelo Mais Goiás, a fiscalização da Prefeitura de Aparecida fechou bares e interrompeu festas clandestinas durante o feriado prolongado.

De acordo com a plataforma de aferição de isolamento social, Goiás ficou com 51% de taxa de isolamento social no Domingo de Páscoa (4). O dia da Semana Santa em que o estado ficou com menor taxa de isolamento social foi o dia 1ª de abril, com 48%. A data não é considerada feriado nacional, mas teve ponto facultativo decretado pelo Governo do Estado.

De acordo com a prefeitura do município, os números demonstram adesão da população ao isolamento social. O secretário de saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães afirmou que praticamente metade das pessoas ficaram em casa no último fim de semana e avaliou o fato como importante para deter o avanço da doença no município. “Todos devem se conscientizar de que a pandemia não acabou, está muito forte em todo o País e não se pode abandonar as medidas de higiene, o distanciamento, o uso correto de máscaras e a ventilação dos ambientes”, destacou o secretário.

Fiscalização

Na noite de Sexta-Feira Santa (2), mais de cinco estabelecimentos foram fechados por funcionar fora do horário permitido em diversos bairros da cidade. Bares foram interditados e pessoas sem máscaras em aglomerações foram multadas em R$ 111. Um carro com som automotivo também foi apreendido.

Destaca-se, a operação conjunta foi realizada por fiscais das secretarias da Fazenda, Meio Ambiente (Semma), Planejamento e Regulação Urbana, agentes de Vigilância Sanitária e Guarda Civil Municipal (GCM).

Na noite deste sábado (3), em diferentes regiões da cidade,  a fiscalização do município interditou uma distribuidora de bebidas por descumprimento de normas estabelecimentos para conter o avanço da pandemia. Os fiscais também multaram 12  pessoas que não usavam máscaras de proteção facial. Outras duas pessoas jurídicas também foram autuadas. Cada um, sofreu penalidade de R$ 111 por não descumprir o decreto que exige o uso de máscara em locais coletivos, públicos e privados. No Domingo de Páscoa (4), não foi registrada nenhuma ocorrência.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Mais Goiás

print