LeBron é acusado de incitar violência contra polícia e apaga postagem

LeBron James se enfiou em uma rara polêmica em sua carreira. Após a condenação de Derek Chauvin, assassino de George Floyd, o astro da NBA postou um vídeo de policial acusado de atirar e matar Ma’Khia Bryant, de 16 anos. Na legenda, ele escreveu “Você é o próximo”.
Twitter/Reprodução

A postagem foi excluída após o maior sindicato da polícia dos Estados Unidos apontar que o post era “vergonhoso e extremamente imprudente”. O senador Tom Cottom, do Arkansas, questionou a NBA pela publicação de James.

“LeBron James está incitando a violência contra um policial. Isso é vergonhoso e perigoso. A NBA está de acordo com isso?”, questionou.

A morte de Bryant ocorreu pouco antes de o ex-policial Derek Chauvin receber o veredicto de culpado pelo assassinato de Floyd, crime que desencadeou o movimento Black Lives Matter contra a injustiça racial.

Sobre o novo caso, a polícia de Ohio publicou imagens de uma câmera instalada na farda do policial, que aparentemente mostram a garota atacando outras pessoas com uma faca antes de ser morta a tiros. As autoridades já iniciaram uma investigação sobre o incidente.

 

Fonte: Metrópoles

print